* Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.

  • Seu pedido discreto

    Cuidado e discrição no seu pedido e fatura

  • Frete grátis para todo Brasil

    Nas compras acima de R$250

  • Proteção de Dados de Cientes

    Os seus dados estão seguros conosco

Como o humor afeta o seu peso?

O poder do bom ou do mau humor, costuma ser subestimado demais, tendo em vista que a maioria das pessoas, nem percebe que seu estado de humor não afeta apenas o bem-estar mental, como também o ambiente ao seu redor e o seu bem-estar físico, incluindo alterações no peso corporal.

As relações entre o humor e perda de peso ou estresse e ganho de peso são muito complicadas e são causadas por alguns fatores que incluem: hormônios, escolhas alimentares, Transtorno afetivo sazonal e muito mais. No entanto, é possível manter um peso corporal estável e uma atitude positiva que possa promover também a estabilidade do humor. É por isso que neste artigo, vamos ajudá-lo a entender como seu humor pode afetar seu peso.

Como o humor afeta nosso peso?

Existem alguns fatores popularmente conhecidos por causarem alterações no peso como resultado do nosso humor diário. São estes:

1. Hormônios

O corpo humano é composto de diferentes hormônios que assumem a responsabilidade de diferentes atividades que acontecem em nosso organismo, incluindo o ganho e a perda de peso. Há também hormônios e outros fatores biológicos que influenciam nosso humor quando estamos estressados, daí a ligação entre o estresse e ganho de peso. Entre estes hormônios está o Cortisol. O cortisol é produzido pela glândula adrenal quando o nosso corpo enfrenta um razoável nível de estresse. Este hormônio tem sido reconhecido por diminuir a capacidade do nosso corpo em eliminar quilos extras, mantendo a gordura persistente quando estamos estressados. Nessa situação, os casos de “fome emocional” ou “fome por estresse” podem facilmente se desenvolver e levar ao ganho de peso, já que não há controle dos quilos extras obtidos durante esses períodos. Este é um exemplo perfeito de estresse e ganho de peso.

Outro hormônio que causa alteração de peso, como resultado do estado de humor ou estresse é a grelina. A grelina é um hormônio que se apresenta em altos níveis em nosso corpo quando estamos estressados. Este hormônio afeta diretamente o nosso desejo de comer, causando uma mudança no nosso peso corporal. O estrogênio, um hormônio sexual feminino, também pode influenciar a alteração de peso.

Em contraste com isso, enquanto alguns hormônios tendem a promover a ideia de estresse e ganho de peso pelo aumento da ingestão de alimentos, outros como a leptina podem levar ao estresse e perda de peso, pois diminuem a ingestão de alimentos quando estamos estressados.

2. Escolhas alimentares

As escolhas alimentares, com um fator nesta lista, também podem influenciar nosso humor e peso corporal de forma positiva e negativa. Isso quer dizer que nosso humor afeta o que comemos, assim como o que comemos afeta nosso humor. Por exemplo, você já se perguntou por que algumas pessoas preferem começar o dia com uma xícara de café quente? Bem, isso ocorre porque muitos estudos chegaram à conclusão de que a cafeína presente em uma xícara de café melhora nosso humor. Como resultado, conforme nos alimentamos de forma saudável e nosso corpo se sente bem, nosso humor melhora naturalmente, incentivando assim uma relação saudável entre bom humor e perda de peso.

Por outro lado, o que sentimos também pode afetar o que comemos. Por exemplo, muitas pessoas respondem ao estresse optando por alimentos com altos níveis de gorduras, açúcares e calorias. Segundo uma pesquisa na Finlândia, aqueles que comem por estresse tendem a optar por alimentos como chocolate, pizza, salsichas, sorvetes, bolos e hambúrgueres. Isso porque tentam fazer com que se sintam melhores quando estão estressados. Alimentos ricos em gorduras e calorias são as melhores opções para isso, tornando a comida um fator desejável em momentos de estresse. Isso pode, no entanto, levar à gordura abdominal por estresse.

3. Transtorno afetivo sazonal

Depressão sazonal, como às vezes é chamado, é um transtorno que pode facilmente afetar nosso humor e causar depressão. É geralmente o resultado de uma mudança na estação do ano. O transtorno afetivo sazonal tende a causar fraqueza, falta de energia, insônia e uma mudança em nosso padrão alimentar e geralmente ocorre anualmente durante o mesmo período do ano. Este distúrbio TAS pode ser tratado através de fototerapia (o uso de luzes como tratamento), cronoterapia e o uso de suplementos à base de plantas. Além do seu plano de tratamento, você também deve se exercitar regularmente, fazer longas caminhadas e procurar estar sempre em ambientes ensolarados.

4. Estresse

As pessoas lidam com as várias dificuldades da vida e se estressam de maneiras diferentes. Algumas têm a força para abandonar uma situação estressante sem deixar que isto as atrapalhem. Outras, podem ter uma técnica para aliviar o estresse, como ir ao Spa, viajar, fazer massagens ou passar um tempo com a família, enquanto que algumas se prendem a uma situação estressante, de modo que, eventualmente, ela comece a afetar seu bem-estar físico. Muitos estudos ao longo dos anos mostraram que muitas pessoas com sobrepeso ingerem alimentos como um método para lidar com uma situação ruim ou quando estão sob estresse. É mais provável que isso leve a um cenário de estresse e ganho de peso. Em contraste, algumas pessoas especialmente as que estão abaixo do peso, lidam com uma situação estressante de maneira diferente, pois tendem a comer menos nestes momentos.

Definitivamente, o exercício costuma ser bom para manter um peso corporal saudável, mas você não deve subestimar o poder de se motivar positivamente a cada dia. Além de promover um bem-estar mental estável e saudável, manter um bom humor ou vibração positiva diariamente vem com outros benefícios para a saúde, como alcançar um peso corporal saudável. Uma atitude negativa só vai fazer com que seu humor despenque e aumente o seu nível de estresse, o que de modo gradual, começará a se transformar em perda ou ganho de peso. Assim, para evitar cair no mau humor ou em depressão como o Transtorno afetivo sazonal, tente manter-se motivado positivamente.